Arlequina
Olá, visitante. Acesse sua conta ou cadastre-se.

Canecas dos Nerds

0 item(ns) - R$ 0,00

Você ainda não adicionou produtos.

Arlequina

Arlequina

Arlequina

Arlequina (Harley Quinn, no original em Inglês), cujo nome real é Harleen Frances Quinzel, é uma personagem fictícia da DC Comics que comumente aparece como inimiga do super-herói Batman no Universo DC. Ela foi criada por Paul Dini e Bruce Timm para a série animada de televisão Batman: A Série Animada, aparecendo pela primeira vez no episódio "Joker's Favor" ("Um Favor para o Coringa"), que foi ao ar em setembro de 1992. Apesar de a intenção original de Dini e Timm ter sido para que Arlequina aparecesse apenas naquele episódio específico, a reação positiva do público e da crítica foi tanta, que eles a incluíram em diversos outros episódios de Batman: A Série Animada, culminando com a transição de Arlequina para os quadrinhos em setembro de 1993 e sua inclusão no Universo DC em 1999, com o quadrinho Batman: Harley Quinn. Atuando tanto como anti-heroína e vilã, ela pertence a trindade das mais icônicas vilãs do Batman, ao lado de Hera Venenosa e Mulher Gato. Ela é conhecida pela sua personalidade subversiva, psicopatia e humor ácido.[1] A origem de Arlequina é contada no quadrinho "Mad Love" ("Louco Amor"), de fevereiro de 1994. Seu nome foi baseado no arlequim, com a intenção de ser um trocadilho ao seu nome original, Harleen Quinzel. Inicialmente Arlequina foi retratada como cúmplice, capanga e companheira amorosa do vilão Coringa, o qual ela conheceu enquanto trabalhava como psiquiatra no Asilo Arkham, onde o Coringa era paciente. Ele a manipulou, torturou e a jogou num tanque ácido que a transformou em psicótica. Atualmente, Arlequina foi mais desenvolvida nos quadrinhos com sua própria revista, que a transformou em anti-heroína com uma equipe de combate ao crime, chamados de Harleys,[2] e estando num relacionamento aberto com a Hera Venenosa.[1]

Mostrar
Ordenar por: