Um Filme Solo do Han

A cada novo filme da saga Star Wars surgem novos personagens, novos uniformes, novos robôs, ou seja, novos colecionáveis! Isso mesmo, colecionáveis!

É inegável perceber a relação entre a sétima arte, o entretenimento e toda a gama de produtos derivados e consumíveis desse universo em constante evolução.

Às vezes fico imaginando qual seria a devida antecedência para o planejamento e execução desse plano de vendas. São muitas variáveis, são muitas possibilidades, e para isso é necessário tempo e planejamento, e como seria organizar e colocar em execução um plano de proporções globais?

Há poucos dias surgiu o trailer do novo filme Han Solo – Uma História Star Wars, e em pouco menos de três minutos desse clipe, pude notar vários candidatos a novos colecionáveis, mas o que mais me chamou a atenção foi uma Milenium Falcon zero quilômetro, onde até as paredes dos corredores internos parecem brilhar e exalar o perfume característico de algo que acaba de sair da fábrica.

Mas porque estou aqui falando desses assuntos?

Em primeiro lugar, como bom nerd que sou, resolvi pesquisar mais sobre a nova nave, queria detalhes adicionais, novas fotos, especificações, e quem sabe dividir minhas descobertas com outros aficionados.

Realmente encontrei o que eu queria, porém encontrei algo mais, acabei me deparando com spoilers arremessados contra o meu nariz de bisbilhoteiro.

Eu não vou revelar aqui o que foi que eu encontrei, mas deixarei o link para vídeo em questão.

Um vídeo que mostra exatamente o que eu disse há pouco, mostra como funciona a indústria por traz do filme Han Solo. Mostra que os novos colecionáveis já estão sendo fabricados e muitos já estão à venda. E logo ao final do vídeo mostram detalhes que podem estragar sua experiência no cinema, podem revelar mais do que o necessário, principalmente sobre ela, sobre a sagrada Milenium Falcon!

Segue o link do vídeo. Assista por sua conta e risco:

 

Até a próxima pessoal!!!

Posts Relacionados

Comments

comments

Missio Missio

Entusiasta de novas tecnologias, apesar de ainda trabalhar com COBOL, apreciador de cutura pop, filmes repetidos e pão na chapa com requeijão.

Deixe uma resposta

1 Shares
Share1
Tweet
+1
Pin