Filmes que estrearam em 2017

Há quem diga que 2017 será um ano glorioso para a indústria cinematográfica. E pelo visto, afirmar isso passa longe de ser um erro. Com franquias de sucesso voltando à tona, filmes como Piratas do Caribe, a Marvel e a DC a todo vapor, animações incríveis e outros títulos que estão tentando se estabelecer, esse ano impar com certeza será épico e cumprirá as nossas expectativas.

 

Filmes que nós já vimos…

 

Moana – Um Mar de Aventuras

E janeiro já começou com uma nova e ótima animação da Disney, Moana – Um Mar de Aventuras. Nós já vimos o filme e você pode conferir a crítica aqui. Moana conta a história de uma corajosa jovem, filha do chefe de uma tribo na Oceania, vinda de uma longa linhagem de navegadores. Querendo descobrir mais sobre seu passado e ajudar a família, ela resolve partir em busca de seus ancestrais, habitantes de uma ilha mítica que ninguém sabe onde é. Acompanhada pelo lendário semideus Maui (interpretado pelo astro de filmes de ação, Dwayne “The Rock” Johnson), Moana começa sua jornada em mar aberto, onde enfrenta terríveis criaturas marinhas e descobre histórias do submundo. É notável que o estúdio tem investido bem na criatividade de seus novos desenhos que estão até mais inovadores que a própria Pixar.

Moana - Um mar de aventuras

 

Passageiros

O mês de janeiro também contou com o romance espacial Passageiros que traz os astros Chris Pratt e Jennifer Lawrence. Numa química muito interessante num filme cheio de suspense e reflexões sobre nossas escolhas. Durante uma viagem de rotina no espaço, os dois são despertados 90 anos antes do tempo programado, por causa de um mal funcionamento de suas cabines. Sozinhos, Jim (Pratt) e Aurora (Lawrence) começam a estreitar o seu relacionamento. Entretanto, a paz é ameaçada quando eles descobrem que a nave está correndo um sério risco e que eles são os únicos capazes de salvar os mais de cinco mil colegas em sono profundo.

Passageiros

 

A qualquer custo

A Qualquer Custo é um ótimo western moderno que conta com atuações incríveis de Chris Pine, Ben Foster e Jeff Bridges. O filme foi indicado ao Globo de Ouro por esse longa. No filme, dois irmãos, um ex-presidiário e um pai divorciado com dois filhos, perderam a fazenda da família em West Texas e decidem assaltar um banco como uma chance de se restabelecerem financeiramente. Só que no caminho, a dupla se cruza com um delegado, que tudo fará para capturá-los.

A qualquer custo

 

Dominação

A estreia mais fraca do ano foi o terror Dominação! Embora o elenco seja bom, o filme se perde em sua proposta um tanto estranha, que mistura a temática de A Origem (2010) com o subgênero de exorcismo. Dirigido por Brad Peyton de Terremoto – A Falha de San Andreas, um exorcista não convencional, que é capaz de entrar no subconsciente de uma mente possuída, conhece uma outra pessoa com a mesma capacidade enquanto confronta seu próximo caso, um garoto de nove anos de idade que está possuído por um demônio do seu passado.

Dominação

 

Filmes em cartaz…

 

Sete minutos depois da meia noite

Não podemos nos esquecer de SETE MINUTOS DEPOIS DA MEIA NOITE, uma fantasia baseada num livro do mesmo nome. O longa conta com Liam Neeson, Sigourney Weaver, Felicity Jones e Toby Kebbell no elenco. Dirigido por Juan Antonio Bayona (O Orfanato; O Impossível). O filme narra a história de Conor, um garoto de 13 anos de idade, com muitos problemas na vida. Seu pai é muito ausente, a mãe sofre um um câncer em fase terminal, a avó é uma megera, e ele é maltratado na escola pelos colegas. No entanto, todas as noites ele tem o mesmo sonho, com uma gigantesca árvore que decide contar histórias para ele, em troca de escutar as histórias do garoto. Embora as conversas com a árvore tenham consequências negativas na vida real, elas ajudam Conor a escapar das dificuldades através do mundo da fantasia.

A premissa promete ser tocante e quem sabe não consegue algumas indicações no Oscar deste ano?

Sete minutos depois da meia noite

 

Eu, Daniel Blake

Outro longa elogiado foi Eu, Daniel Blake, filme europeu dirigido por Ken Loach. Após sofrer um ataque cardíaco e ser desaconselhado pelos médicos a retornar ao trabalho, Daniel Blake (Dave Johns) busca receber os benefícios concedidos pelo governo a todos que estão nesta situação. Entretanto, ele esbarra na extrema burocracia instalada pelo governo, amplificada pelo fato dele ser um analfabeto digital. Numa de suas várias idas a departamentos governamentais, ele conhece Katie (Hayley Squires), a mãe solteira de duas crianças, que se mudou recentemente para a cidade e também não possui condições financeiras para se manter. Após defendê-la, Daniel se aproxima de Katie e passa a ajudá-la.

Eu, Daniel Blake

Como vocês puderam ver, a primeira semana de janeiro começou extremamente boa e cheia de opções. A maioria dos filmes são ótimos e promete agradar a maioria dos cinéfilos. E você? Qual primeiro filme de janeiro estará na sua lista?

Posts Relacionados

Comments

comments

André R. Candeias

André R. Candeias - Nerd. Escritor. Pai. Professor. Sou formado em pedagogia e adoro escrever desde quando era criança. Minhas maiores paixões no mundo nerd são os super-heróis, Star Wars, a Terra-Média de Tolkien, Game of Thrones e The Walking Dead. Amo ler Stephen King; ele é meu mestre na arte de escrever. E nos games sou fissurado em Silent Hill e a franquia Soul's.

Deixe uma resposta

4 Shares
Share4
Tweet
+1
Pin